Santuário

Em 2009, a capela de Senhor Bom Jesus dos Passos passou à condição de Santuário, por decreto da Diocese, se tornando local de peregrinação

A construção da capela de Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos é atribuída à iniciativa dos irmãos Tojal, devotos de Senhor dos Passos oriundos de Portugal, no período de 1850 a 1855. Em 1856, quando o então distrito policial dos Lençóis pertencente ao município de Santa Isabel do Paraguassu (Mucugê) foi elevado a Villa Comercial e Freguezia, já constava a existência da capela de Senhor dos Passos. 

O terreno onde foi edificada a capela teria sido doado pelo coronel Vicente Marques de Carvalho na condição de que fosse feita com a fachada voltada para a sua residência no Alto do Bonfim. Conta-se que o doador teria ficado descontente por terem os construtores decidido posicionar a fachada de frente para o Rio Lençóis e o centro da cidade.

Em 2009, um ano após a restauração do templo pelo programa Monumenta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a capela de Senhor dos Passos passou à condição de Santuário, por decreto da Diocese, se tornando local de peregrinação. 

Por meio do projeto Festa de Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos – Padroeiro dos Garimpeiros de Lençóis, em execução pela Sociedade União dos Mineiros (SUM) o Santuário de Senhor dos Passos será dotado de novas peças de mobiliário sacro como cadeiras para os celebrantes e um ambão. Também serão adquiridos velários e novas câmeras de segurança. Outra ação que foi proposta pelo pároco de Lençóis, Padre Pedro, foi a realização de uma oficina de canto coral para aperfeiçoamento do coral Sal da Terra e Luz do Mundo que participa das celebrações durante a Festa de Senhor dos Passos.

Entre em contato conosco através do formulário abaixo!

Realização

Apoio financeiro